O encerramento do Camel Fair em Pushkar coincide com o dia da Lua Cheia. Até ontem, muitas negócios estavam em Stand-by, casas por construir, decisões por tomar, casamentos por se realizar, etc. A partir de hoje, tudo ganha nova vida. É a época de construir, começar, recomeçar. Hoje, todos param para festejar o dia.
.
camel-fair-closing-date-ana-abrao-3
.
Descrever o que vejo, vivo e sinto aqui parece-me tarefa muito, muito difícil. De um dia para o outro, representantes de todas as vilas, etnias, castas e religiões vêm fazer parte dos últimos dias de festividades e das cerimonias de purificação no Lago.
.
Uma simples caminhada pelas ruas invade os meus sentidos de uma forma que pareço não conseguir focar em nada em específico. É muita informação ao mesmo tempo: corpos nus pintados, vozes, cores, formas, cheiros, texturas, expressões, cantos, buzinas (muitas!), sorrisos (muitos!), caras exóticas, indumentárias que não identifico a origem, e um sem fim de informações que o cérebro só processa uma pequena parte. Ao fim do dia estou feito a uma atleta-de-final-de-semana no final de uma maratona: exausta! 🙂
.
Um paraíso para os amantes da fotografia!   Ao mesmo tempo, produzir imagens de bom nível é um desafio.
.
Sinto-me verdadeiramente privilegiada e feliz de estar aqui.
.
camel-fair-closing-date-ana-abrao-1
camel-fair-closing-date-ana-abrao-2
camel-fair-closing-date-ana-abrao-6 camel-fair-closing-date-ana-abrao camel-fair-closing-day-ana-abrao-2 camel-fair-closing-day-ana-abrao
.
Share This