ana-abrao-india-pushkar-kakun-with-raul

Kakun veio com 4 filhos e o marido participar do Mela de Pushkar (feira de camelos). O marido vai para a feira tentar ganhar algum dinheiro com performances musicais. Ela aguarda com os filhos num campo mais afastado da feira. Como não tem tenda, passa os dias (cerca de 10) debaixo de uma árvore. Tem alguma água para beber e cozinhar. Lava as panelas com terra (esfrega a terra com as mãos, no interior). Um saco pendurado na árvore faz de armário das poucas coisas que têm para uso pessoal. Um pano amarrado nos galhos faz de berço para o bebe.

Observo sem demonstrar o aperto interior que no fundo sinto de ver a cena…

Visito a familia a convite da amiga Eliane Bandd que já os conhecia de uma visita no ano passado. Somos recebidas com alegria. As crianças festejam. Pedem chocolate. Prometo levar bananas no dia seguinte. 🙂

Tento me comunicar (elas em Hindi, nós em inglês :-), rimos, brinco com as crianças, fotografo, ofereceço impressões instantâneas que fazem a alegria do dia.

Saio com o pensamento vago… feliz e com o sentimento de que é preciso não esquecer de dar o devido valor às coisas simples que dou como adquirido.

Share This